quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

AS VERDADES ESTÃO SENDO REVELADAS - OS TORMENTOS

Em primeiro lugar, eu gostaria de iniciar esta matéria com apenas quatro letras, bem simples: "YHWH". Eu sou temente a Deus, logicamente. Nasci cristão e deixei de ir a Igreja Católica no dia em que um Padre, chamado José Maria, pároco da Matriz de Nossa Senhora da Conceição em minha cidade, antes de iniciar a celebração em um domingo, com a igreja lotada, disse o seguinte: "a missa hoje não será boa, por que o meu cruzeiro perdeu". Deste dia em diante, a minha fé foi revogada e assim, renovada. Não retornei mais às celebrações dominicais como um todo. E desta forma, comecei a questionar a veracidade presente dentro da Igreja Católica. 


Vou começar, apresentando este símbolo pagão, presente na maioria das igrejas mais antigas por todo o mundo. Mas o que este símbolo realmente significa e por que o vemos com tamanha frequência. O que realmente está acontecendo na Terra nos dias de hoje e por que cada vez mais pessoas estão questionando a igreja e tudo que a ela se relaciona, até mesmo a própria existência de Jesus Cristo. Será que existe alguma verdade oculta por trás da história que nos foi contada e escrita em nossos livros por aqueles que conhecem a "verdade"? Será que realmente a bíblia é confiável? Ou será que todos nós fomos enganados durante mais de dois mil anos?



Responda em seu pensamentos, quem foi o homem que nasceu de um milagre no dia 25 de Dezembro, após um anjo anunciar a sua mãe, que ela daria a luz a um menino e que este seria Rei. Previa grandes acontecimentos, andou sobre as águas, salvou e matou a fome de centenas de milhares de pessoas, iniciou seu ministério aos 30 anos, foi um homem santo e fiel a um só Deus, incorruptível. Tinha 12 discípulos/irmãos, foi traído e vendido por 30 moedas de prata, foi açoitado, escravizado, humilhado de todas as formas possíveis e imagináveis. Foi injustiçado apenas por ter sido fiel durante toda a sua vida ao Deus de Abraão, ao seu Deus. E tudo que ele tocava, prosperava. Conversava diariamente com o próprio Deus.

Este sim foi um homem santo e merece todo o meu respeito, acreditem. No entanto, se pensar um pouco, verá que não estou falando de Jesus e sim de José. José do Egito. Então eu te pergunto se não seriam a mesma pessoa? Ou se Jesus de Nazaré realmente existiu como querem que acreditemos. Pois são muitas similaridades, entre as quais ainda não relacionei que José foi vendido por Judá, enquanto Jesus foi traído por Judas. E ainda na própria bíblia, que é de conhecimento universal, José também é o pai de Jesus. E as coincidências não param só por aqui, existem muitas mais, acreditem.


Esta é a verdadeira Cruz do Zodíaco e ela nos explica quase todos os maiores eventos celestiais a que estamos predestinados. Uma das mais antigas imagens na história da humanidade. Ela representa o trajeto do sol através das 12 maiores constelações conhecidas no decorrer de um ano. Ela também representa desde tempos mitológicos, os 12 meses do ano, as 4 estações, os solstícios e equinócios. O termo Zodíaco está relacionado com o fato das constelações serem antropomorfismos ou personificações, como pessoas ou animais. Em outras palavras, as primeiras civilizações não seguiam apenas o Sol e as Estrelas, como também as personificavam, através de mitos envolvendo os seus movimentos e suas relações cósmicas com a Terra. Desta forma, desde os primórdios de nossa história, o Sol é representado como Deus, o próprio criador da vida. O que de forma alguma, deixa de ser verdade e jamais poderá ser contestado, seja pela ciência ou religião. Pois sem o Sol, não existiria qualquer tipo de vida neste ou em qualquer outro planeta. 

Desta forma, não menos importante claro, as constelações foram nomificadas de acordo com os elementos da natureza importantes nestes períodos de tempos específicos. Como Aquarius, por exemplo. O portador das águas que trás as chuvas da primavera. E isto também não pode ser contestado por qualquer pessoa ou entidade que seja, é a mais pura verdade.



No entanto, isto realmente não é importante e sim, o por que estou abordando e relacionando tais fatos a José do Egito e Jesus Cristo. Descobri um padrão na sequência de nascimentos de vários Deuses em todas as partes do mundo, entre os quais, supostamente estão Dionysus, Krishna, Horus e Attis. Existe portanto, uma estrutura mitológica que não pode ser contestada, a de que tais "Deuses" nasceram realmente em Dezembro, no dia 25. E como sei que isto muito provavelmente jamais será confirmado, apenas estou relacionando tais probabilidades que não podem também, serem descartadas. Mas um fato nos chama realmente a atenção. A de que todas as sequências destes nascimentos são completamente astrológicas e desta forma, não representam exatamente um data em especial. Pois no dia 24 de Dezembro, Sirius que é uma estrela no ocidente e a mais brilhante no Céu noturno se alinha com outras 3 estrelas conhecidas como "3 Reis" até os dias de hoje, localizadas no Cinturão de Orion. E todas juntas, apontam para o nascer do sol no dia 25 de Dezembro. Desta forma, temos o fato de que o filho de Deus, nasceu no dia 25 de Dezembro e foi visitado por 3 Reis. Ou seja: é apenas um evento astrológico e não um nascimento propriamente dito.



Este cientificamente dizendo é o verdadeiro segredo sobre o nascimento destes Deuses e até mesmo o de Jesus Cristo. Assim sendo, são lembrados por um evento astrológico e não pelo seu verdadeiro nascimento na Terra. E também é bem provável que isto queira dizer ainda mais. Que Deus é Siriano e que todos nós, o povo de Abraão, somos descendentes dos Sirianos. Diferente dos africanos, egípcios e orientais. O que faz todo o sentido se pensarmos um pouquinho só que seja. Ou vocês vão reafirmar que o "ser humano" é terrestre, nascido na terra. Cientificamente dizendo, nenhum animal nativo deste planeta sofre qualquer efeito que seja sendo exposto diretamente ao nosso Sol, como é o caso do elefante, jacaré e qualquer outro. Mas nós humanos nos queimamos completamente. O que me leva a entender que realmente nós não somos naturais deste planeta, sendo totalmente diferentes de qualquer outra espécie nativa aqui existente. 



Vamos estudar a imagem acima que é amplamente conhecida e difundida no meios científico e acadêmico. A primeira parte deste hieroglífico representa a anunciação de Thoht, um enviado dos Deuses ou nos dias de hoje, um anjo, a Isis que ela iria dar a luz ao filho de um Deus. A segunda imagem à sua esquerda, representa a concepção de Hórus no ventre de Isis. Do outro lado, temos Hórus já aos 30 anos iniciando seu ministério. Observamos que existem portante, como José do Egito, 12 irmãos ou discípulos. 5 de cada lado, Hórus e o sustentador (irmão mais novo da mesma linhagem de sangue). Logo abaixo, temos todos os 10 irmãos se curvando a Hórus, incluindo os próprios Deuses, menos o irmão mais novo (da mesma linhagem de Hórus), tal como aconteceu por 3 vezes com José do Egito. Veja que Hórus foi crucificado. Ele sai do troco e é colocado em uma cruz. E na última imagem, temos Hórus já ressuscitado após 3 dias santos.

A história portanto nos conta que Hórus morreu crucificado, está escrito na pedra no Templo de Luxor para quem quiser ver com seus próprios olhos, a mais de 1.600 anos antes de Jesus Cristo. Ou os "detentores da verdade" vão querer contestar o que está escrito na pedra também afirmando que isto é mais uma das muitas teorias de conspiração contra a Igreja e seus governos corruptos. Maktub, já estava escrito a muito tempo. Em fatos verídicos, consta que os 11 irmãos de Hórus rezaram por 3 dias e foram atendidos. Hórus renasceu dos mortos. Enquanto isto, por outro lado, Jesus foi concebido por uma virgem, ou seja: sem o ato sexual propriamente dito e anunciado por um anjo enviado pelo próprio Deus. Iniciou seu ministério aos 30 anos, também como Hórus, realizou vários milagres, foi crucificado e morto. Ressuscitou no terceiro dia após seus supostos, 12 discípulos, terem clamado ao senhor relo retorno do messias. Bom, eu não duvido de forma alguma de Jesus Cristo e o trago comigo em meu coração e todas as minhas orações. Mas também não vou discordar que existem muitas coincidências, se analisarmos a história como um todo, fora do contexto geral dos livros conhecidos, deixando nosso ceticismo de lado. E o que mais me impressiona é saber que "próximo ao fim, todas as verdades serão reveladas". E como eu vou provar tudo isto, é bem simples. Você já viu este símbolo algum dia em sua vida?



Sabe o que este símbolo realmente significa? Já se questionou o porque o nome Jesus é relacionado a Peixes? A sim. Até os dias de hoje você nunca tinha se proposto tais questionamentos. Se isto for verdade, meu objetivo foi cumprido com sucesso. Pois lhe revelei a maior de todas as verdades ocultas durante mais de 2 mil anos pela Igreja Católica e todas as demais, que são ainda piores, mais obscuras e satânicas, acreditem. Vou te explicar neste exato momento o que precisa ser revelado, veja: 



Do solstício de verão até o solstício de inverno, os dias se tornam mais curtos e frios, na perspectiva de quem está no hemisfério norte. O sol parece mover-se para o sul ficando sempre mais pequeno e mais fraco com o passar dos dias. Este encurtamento dos dias e noites mais longas e o fim das colheitas, conforme o solstício de inverno se aproxima, simboliza a morte. A morte do SOL. Pelo 22º dia de dezembro, o falecimento do Sol está concretizado. Alguns dos monumentos mais antigos do mundo, foram projetados para observarem eventos como este e suas recorrências. Tal evento, o solstício de inverno, faz com que o sol atinja o seu ponto mais baixo no céu. Depois de 3 dias praticamente parado e no mesmo lugar, o Sol se move 1º, desta vez para o norte, trazendo perspectiva de dias maiores, mais calor e o início da primavera. E desta forma se diz que o sol morreu na santa cruz do horizonte. Ficou morto por três dias e ressuscitou

De acordo com o solstício de inverno, muito possivelmente, esta é a verdadeira razão para que muitos dos Deuses conhecidos em nossa história, tal como Jesus Cristo, morreu na Cruz, representando o falecimento do Sol, ficou morto por três dias e ressuscitou dos mortos. Tenho certeza de que agora você vai entender o que realmente significa a cruz que apresentei na primeira imagem desta matéria. Sendo apenas o período de transição do sol antes de mudar para a direção contrária no hemisfério norte, trazendo a primavera e assim a salvação para todos os povos. Pois o elemento figurativo da vida em todas as culturas, sempre foi o sol. Jamais uma pessoa ou qualquer divindade que seja e esta interpretação, não poderá jamais se quer ser contestada. 



Isto nos leva ao fato de que tudo que você aprendeu até esta data que se registre, está errado. E que a cruz da salvação, é na verdade uma adaptação pagã, portanto, um símbolo pagão e de forma alguma cristão, da Cruz do Zodíaco como provado logo acima. Isto nos leva a fatos ainda mais específicos, nos quais os 10 mandamentos de Moisés na verdade são uma cópia simplificada do próprio livro dos mortos dos egípcios. Que diz claramente: (i) Eu nunca matei (ii) Eu nunca roubei (iii) Eu sou fiel (iv) Eu não conspirei, e por aí vai, basta ler a simbologia abaixo, que representa o Julgamento Final.



É esperado que alguns vão me chamar até mesmo de anti-cristo, louco e até mesmo de ateu. Mas as provas estão todas aí, bem a sua frente. O fato é que muita coisa obscura realmente exite e que estão escondendo algo de muito sério de todos nós. Tal como o que irei explicar a seguir. Pois a cada 2.150 anos, a Terra passa por uma zona de transição no espaço e Sol passa a nascer perante uma outra casa do zodíaco. Isto é conhecido como precessão dos equinócios. Todos nos sabemos que a Terra possui uma lenta oscilação angular, girando sempre em torno do seu próprio eixo, o que a faz se deslocar de tempos em tempos no espaço. Isto na prática, significa que o polo norte, não será mais o mesmo nos próximos mil anos, e que uma nova Era do gelo se aproxima para a América do Norte, fazendo com que o Brasil um dia, venha a ocupar o lugar dos Estados Unidos no Mapa Mundi.

Este fenômeno cósmico é chamado de Precessão por que as constelações se movem para trás em vez de permanecerem em seu ciclo anual normal. O tempo que demora cada precessão através dos 12 signos é de 25.765 anos. Este ciclo completo é também chamado de "grande ano". O período de cada precessão é de 2.150 anos. Vimos isto ocorrer com Moisés quando ele quebrou a pedra contendo os 10 mandamentos originais ao descer do Monte Sinai, presenciando a adoração de seu povo a estatueta de um bezerro. Sabemos que entre os anos de 4.300 a.C. a 2.150 a.C, foi a era de Touro. Moisés veio justamente para finalizar a Era de Touro e iniciar uma nova Era, a Era de Aries, que durou entre os anos de 2.150 a.C. a 1 d.C. E isto tanto é fato, que durante este período, eles assopravam os cifres dos carneiros como um ato sagrado, ou seja: estavam reverenciando a Nova Era de Aries e jamais os Carneiros, como nos ensinaram. Jesus Cristo portanto, veio para finalizar a era de Aries, tendo José do Egito como predecessor, e iniciar a nova Era, a de Peixes. Isto por que, cada Precessão é também conhecida como ERA.  



O que nos importa de fato, é saber que estamos muito próximos de uma nova era, a Era de Aquário. Quando Jesus Cristo morrerá literalmente e entregará o seu ministério nas mãos de outro profeta, ou salvador. Sabemos que a cada Era a Terra é praticamente destruída e mais de 66% da população dizimada. Ou seja: o grande dia do julgamento final. Dizem que as pessoas boas serão "arrebatadas" para o Céu. O que acontece de verdade, é que os Sirianos, retornam a Terra a cada Era para preservarem a raça humana. Deixam para traz um único salvador que irá reeducar todos os povos de todas as nações, os ajudarem a evoluir. O salvador, vem para definir uma nova ideologia, ao passar pelos duzentos anos de "Tormentos". É isto mesmo, pois os 100 anos antecedentes e os 100 anos sequentes ao novo reposicionamento da terra em sua nova órbita, período de transição, são devastadores. As Américas irão se separar completamente. É ainda esperado e muito possível, que a África termine de se separar do continente Europeu e da Ásia. E não precisamos ser videntes para prevermos o que isto realmente significa. O problema é que se reajustarmos o nosso calendário, incluindo os 33 anos de Jesus, estaremos exatamente no ano de 2.049. Muito mais próximo do período dos Tormentos do que poderíamos imaginar. 



É fato, que a Era de Jesus Cristo está próxima do seu fim completo e portanto, inegável. Ficou bem provado, acredito. Desafio a qualquer pensador que seja, tentar ao menos provar que estou errado ou que meus argumentos são fracos ou contestáveis. O grande problema é que estou prevendo de 7 a 9 anos de paz ainda na Terra e quem não estiver preparado para enfrentar o período de Tormentos, terá sua sentença decretada. Vamos juntos, nos preparar, pois a Era Cristã realmente está chegando ao seu fim. Me ajude a ajudar vocês, sem a ajuda do governo, da igreja ou de qualquer instituição que seja. Por que quanto os Tormentos chegarem, você se quer será avisado. Eu criei um sistema para capitação de recursos que poderá salvar, segundo meus cálculos cerca de 900 pessoas e suas famílias, aqui no Brasil. Leia esta matéria  e entenda o por que a escrevi.



Sei que a fé de cada um pode ser as vezes pequena ou grande, rica ou pobre, sadia ou insana, não importa. Não mais. Pois quantos já mataram em nome de Deus, quantos já deram a ordem. Quantos já colocaram bombas em seus próprios corpos por terem tanta fé, que seriam presenteados com mil virgens lá no Céu. E quantos já apertaram este botão, matando inúmeras pessoas inocentes, entre as quais, muitas das vezes, crianças. Quantas mulheres foram queimadas vivas pela própria Igreja que deveria as proteger, sempre. Quantas foram apedrejadas. Que religião, que Deus, que fé é esta que prega a morte em vez da vida. Que o mal existe, não tenho dúvida alguma. Pois quando apagamos as luzes à noite, só vemos trevas e mais trevas. Esta imagem acima é uma Gruta, a Gruta de Nossa Senhora das Graças em Lafaiete, Minas Gerias. É um lugar simples, não tem padre, não tem ouro, não tem nada. Só água. Uma água que purifica, que revive, que cura, que salva. Se eu sou ateu? Não sou. Jamais fui e nunca serei. Rezo todas as noites ao meu Deus, ao Deus de Abraão, de Isaac e de Moisés. Estão vendo aquela escadinha em azul, bom. Eu já as subi muitas e muitas vezes. Já fiz pedidos ali, assinei o livro e fui atendido. Mas nem todos conseguem, já presenciei pessoas que voltaram antes mesmo de começarem a subir as escadas. Eu já vi com estes mesmos olhos que escrevo agora. Quando minha filha nasceu eu a levei lá, ajoelhei e pedi a Nossa Senhora que a consagrasse, que a batizasse. Foi quando uma pequena gotinha de água, imperceptível aos mortais, caiu de algum lugar em sua testa. Eu tenho uma foto que mostra um anjo neste local refletido nos olhos de minha filha quando ela olhava para ele, voando. Eu tenho. Então, não duvidem de minha fé, não contestem. Pois tudo que aqui escrevo, és a mais pura e absoluta verdade. Vou lhes constar uma história, pequena e real.



Em dezembro de 2013 eu estava com minha esposa e filho, neste exato local. Região dos Lagos, Cabo Frio no Rio de Janeiro. Me lembro como se fosse hoje e as imagens ainda me assombram, até estes dias. Meu filho estava nadando, já o tinha explicado quase tudo, treinado situações de emergência com ele e eu mesmo o ensinei a nadar, até bem por sinal. Então estava com minha esposa sentado na areia com a água batendo em meu peito e ela em meu colo. Acredito que não tinha mais do que quarenta centímetros de água onde estávamos. Ficamos ali mais de cinquenta minutos eu acho, nos divertindo muito. Mas de repente quando olhei para trás, vi aquelas ondas maiores vindo radiadamente, então eu a disse: "levante-se". E levantamos, mas já era tarde de mais. Em poucos segundos, eu já não dava mais pé e minha esposa, não sabe nadar. Eu fiz tudo que eu podia para a salvar, consegui a manter por uns 50 segundos em sima da água, mas ela me abraçava e me jogava para baixo. Eu pedia a ela que ficasse calma e ela em desespero, gritava por socorro. Então, quando não conseguia mais, na certeza de que nós dois iríamos morrer ali e eu já podia até mesmo sentir o gosto da morte em minha boca, era salgada, acreditem. Eu mergulhei com ela e então ela me soltou. A única forma de sairmos dali seria a deixar se afogar, perder os sentidos e então a levar para a praia e tentar a reanimar, seria a única chance. Não existia outra, por mais que eu pensasse, era assim que tinha que ser. Então, fiquei na frente dela a mantendo sempre na direção da areia da praia. Foi quando fechei meus olhos e de repente, eu estava naquela gruta ajoelhado em frente a Nossa Senhora. Bem aqui:



Abri meus olhos e pensei ter morrido, sinceramente. Foi quando eu disse: "minha mãe eu a entrega em seus braços, tome conta dela e me ajude a tirá-la destas águas sombrias e turvas, se for possível". Eu me lembro de cada palavra que disse e foi apenas um único segundo, tenho certeza. Um único e breve piscar de olhos. E quando pisquei novamente, ela já havia me soltado e estava se afogando bem na minha frente. Foi quando eu encostei meu dedão do pé bem esticado na areia com a cabeça já fora d'água e respirei. Mas já tinha engolido tanta água que estava sem forçar para conseguir a tirar dali, sozinho, seria impossível. Mesmo que ela estivesse desacordada, já seria um esforço sobre humano eu consegui sair dali com minhas próprias pernas. Então olhei para o meu filho. Ele estava a uns 50 metros eu acho de mim, em um lugar ainda mais profundo, no entanto, estava nadando. Pelo meu filho, se ele estivesse a se afogar, eu não poderia fazer nada, mesmo que eu quisesse. Então me concentrei em minha esposa. E ao colocar meu filho em meu campo de visão, avistei 3 rapazes entre 20 e 26 anos eu acho, um negro, um oriental e um branco. Tenho as imagens de cada um deles gravada em minhas memórias mais profunda, ainda consigo ver seus rostos nitidamente. Então eu disse: "eu já estou dando pé aqui, só não tenho mais forças para retirar ela, me ajudem". Em segundos, um deles, o negro, a deu uma gravata e começou a nadar, o japonesinho, segurou seu braço esquerdo e também começou a nadar. O branco, passou por baixo dela e segurou seu outro braço e também começou a nadar. Eu ainda fiz o que conseguia, mergulhei e fui empurrando as pernas da minha esposa fazendo uma força que jamais tinha feito antes. Logo, chegamos novamente a beira-mar e quando emergi novamente, ela já estava a caminhar com a água em seus joelhos e eu ainda de quatro, descanando. Mas quando olhei para os lados, para agradecer aos 3 anjos que haviam nos ajudado, não tinha ninguém do meu lado, nem atras de mim e nem a minha frente. Só tínhamos nós dois naquela parte da praia e ela caminhou até as cadeiras debaixo da sombrinha sem olhar para trás, como se alguém ainda a estivesse segurando. Eu só me lembro, deles me perguntando, quer ajuda? E eu respondi: "não, não. Só ajudem ela, eu estou bem". Foi a última vez que os vi. 

Meu filho que estava um pouco atrás de nós, disse não ter visto ninguém nos ajudando e na praia ninguém tinha visto qualquer pessoa que seja perto da gente. Quando me aproximei de minha esposa. Então ao ver meu filho bem e já caminhando próxima a areia da praia, me sentei e pedi uma água de coco. Imediatamente, após descansar um pouco, fomos para casa e retornamos para Minas. Ao voltarmos, chovia um pouco e perdi o carro por duas vezes subindo a Serra de Petrópolis. Nada muito sério, mas perdi a traseira do carro duas vezes. Já em Minas, chegando em Carandaí, ao entrar em uma curva conhecida aqui da região, perdi a frente do carro. No retrovisor, um crucifixo ungido nas águas da gruta que mostrei acima. Pedi "calma" a minha esposa a ao meu filho e fixei os olhos nele, só me lembro disto. Me lembro que quando rodei a primeira vez, acelerei o carro e vi que estava forçando para frente mas andando para trás. Deve ter sido quando o Civic prata que vinha nos acompanhando deve ter passado também ileso pelo acidente. 

Depois disto, virei o volante todo contra o nosso sentido e puxei o freio de mão. O carro, um Celta preto, rodou 3 vezes na pista. Voltas completas e parou a no máximo um palmo da mureta de proteção. Todos nós dentro do carro, sentimos o impacto, tínhamos batido em algo. Mas o carro havia parado a um palmo da mureta, reto e de frente para o nosso sentido da via. E então vi o Civic prata parado no acostamento próximo a uma pequena clareira de terra. Bom, o que parou o carro, eu jamais vou saber exatamente, mas algo o parou. Disto eu não tenho dúvida alguma, nem minha esposa, nem meu filho. Pois todos nós sentimos um impacto, ou algo deste tipo. Mas o carro não teve se quer um único arranhão. Deveria ser mais ou menos umas 15:30 horas. Liguei novamente o carro e fomos direto até a Santinha. A gruta como nós a chamamos aqui, carinhosamente. Escrevi o ocorrido no livro neste dia e a agradeci, completamente. Mas quando eu me ajoelhei no pequeno altar, para a agradecer, eu escutei o seguinte: "O quadro, ele já te ajudou muito". Imediatamente eu entendi o que ela queria. Pois gostava muito de me ajoelhar na imagem de Jesus Cristo crucificado que ficava na Igreja de São Sebastião aqui em minha cidade, mas eles a tiraram do lugar onde podíamos nos ajoelhar e rezar. Então eu pintei a imagem em um quadro, que inclusive, tem vestígios do meu próprio sangue nele, quando machuquei a ponta do dedo. O fato, é que no outro dia, levei o quadro e pedi autorização ao Só Zé que cuida da gruta e este quadro está lá até os dias de hoje

O porque estou publicando tais informações, é bem simples. Acreditem. Poupem durante os próximos 7 ou 8 anos no máximo, juntem tudo que conseguirem, e se puderem retornar para o campo, uma roça bem longe de tudo e de todos, vão. Comprem galinhas e plantem sementes. Pois vocês vão precisar. Eu queria montar uma gigantes corrente para ajudar as pessoas, mas acredito que os seres humanos hoje, só se preocupam com o aqui e o agora. E todos estes vão padecer na próxima década. E não precisa ser gênio, mágico, vidente ou tomar NZT para saber disto.           



Eu gostaria de agradecer aos mais de 10 mil leitores em menos de dois meses deste blog e aos mais 500 elogios que já recebi e podem ser provados facilmente, lendo os comentários. Vou continuar lutando pelas verdades sempre. Já recebi várias ameças e até estão me processando judicialmente para tirar este blog do ar e ainda estão tentando destruir a imagem da minha empresa. Mas quem realmente luta pela verdade e diz a verdade em nome do Deus, criador de todas as coisas, tem dele o seu sustento e a sua glória. Agora, vamos juntos batermos a importante marca de 100 mil acessos, o que irá me alegrar ainda mais. Compartilhem estas mensagens, enviem a seus amigos, familiares, deixem seus comentários, curtam pelo Facebook, viralizem este blog, pois somente assim, teremos um mundo mais justo e sem mentiras. Ontem foram registrados, mais de 700 acessos a este blog. Uma marca excepcional com certeza. Agora, vou descaçar um pouco, pois estou a mais de 48 horas sem dormir.



Recomendamos os seguintes tópicos:

Experimente o NZT 100 solicitando 01, 02 ou 03 cápsulas
Veja como enfrentar esta Crise sem precedentes no Brasil
Aprenda a Ganhar dinheiro pela Internet
Acessando a I2P da Deep Web de uma forma descomplicada
A diferença entre tomar e não tomar o NZT
Como funciona e para que serve o Stavigile - Modafinil