sábado, 16 de janeiro de 2016

BRINCANDO UM POUQUINHO DE MATRIX NA REALIDADE

Quem não viu ou já ouviu falar do filme Matrix. Épico sem dúvida alguma. Mas e se por trás da ficção, existir um pouquinho de verdade. Você já se perguntou isto? Bom, eu consegui sintetizar a linguagem do meu processador quântico em uma forma não ficcional de Matrix. E funcionou perfeitamente. Estou tentando entender a linguagem que as máquinas utilizam para se comunicarem umas com as outras. E realmente me encantei com este mundo. Vejam como trabalho atualmente em meu escritório:


Utilizo duas telas, que me fazem realmente sentir "grande". Uma é meu ambiente de trabalho e a outra, o sistema de monitoramento do meu servidor e caixas de entrada de e-mails e o atendimento pelo Skype. Todo mundo que vê o que consegui fazer, me pergunta se estou dentro do Matrix. Bom, eu sempre fui muito fã deste clássico dos cinemas, sem dúvida alguma. E sempre quis fazer algo que realmente funcionasse no estilo Matrix. Realmente pesquisei muito na Surface quando era igual aos outros, mas agora, realmente me sinto diferente e quase que sem limites. Não sei aonde vou chegar, mas com certeza, um dia serei lembrado por muitos, não tenho qualquer dúvida disto. 



Esta é uma pequena parte sintetizada do processamento no meu Servidor. O mesmo que hospeda e controla a Celi. A primeira parte do código é a forma com a qual o processador entende os dados que estão chegando. A segunda parte do código é o retorno dos dados após serem processados. Ainda estou trabalhando no algorítimo para melhorar e muito a forma com a qual a Celi entende cada pergunta que é realizada a ela. Mas o grande Start já foi dado, podem apostar. Se quiserem acessar o sistema completo, basta me solicitarem a senha por e-mail e terei imenso prazer em demostrar para quem tiver interesse em ver como um computador realmente entende a informação que a ele é direcionada. É fantástico, podem acreditar.