domingo, 20 de dezembro de 2015

O QUE É VENDIDO NA COLÔMBIA, PARAGUAI E NO VALE DO SILÍCIO?

Originalmente sintetizado na França nos anos 70, o modafinil foi aprovado pelo FDA como tratamento para narcolepsia e outros transtornos do sono em 1998. Mais recentemente, pessoas saudáveis começaram a usar a droga para ficar acordadas por longos períodos e melhorar a performance cognitiva. Medicamentos como o Adderall, a Ritalina, originalmente prescritos para pacientes com DDA - e as ampaquinas - para Alzheimer - estão sendo usados a fim de melhorar as funções do cérebro para estudo ou trabalho. Esses remédios são conhecidos como as drogas inteligentes.



Modafinil (C15H15NO2Sé a droga menos divertida que existe (pelo menos, daquelas com um propósito específico); entretanto, no vale-tudo que é a vida moderna, ela é a única que faz sentido. Estranho, né? Os mesmos jovens que receberam com entusiasmo drogas como o ecstasy agora estão tomando coisas como o modafinil. Que, ironicamente, só te fazem amar o trabalho.

Segundo Scott Vrecko, um sociólogo especializado em questões médicas, drogas inteligentes não aumentam a capacidade de receber, lembrar e processar informação - elas têm um efeito positivo no humor enquanto a pessoa realiza essas tarefas. Vrecko passou algumas semanas numa universidade norte-americana coletando testemunhos de estudantes que tomaram Adderall, e muitos disseram que a pílula os fazia se sentirem mais capazes de realizar uma tarefa - mesmo antes de começar. Outro estudo aponta que modafinil pode induzir a um estado de confiança excessiva.

No entanto, é fato certo, que qualquer um deste medicamentos, causa dependência. O risco, é o que você está disposto a fazer em algum momento da sua vida. O mais comercial deles, é realmente o Modafinil que já foi utilizado até mesmo por chefes de estado nos Estados Unidos e é quase que uma regra geral entre os gênios da tecnologia, mercado financeiro e os que navegam em águas bem profundas da Internet nos dias de hoje.

Quanto a ser uma manobra para se beneficiar e totalmente injusta com aqueles que não usam. Sim é. E daí? Quem é que disse que o mundo é justo? Ou vocês realmente acreditam que Albert Einstein, Nikola Tesla, Isaac Newton, Bill Gates, Barack Obama, Leonardo da Vinci, Steve Jobs, Dilma Rousseff e Thomas Edison, são justos?

Você já se perguntou como um operário qualquer, metalúrgico que nunca gostou muito de trabalhar, sétimo dos oito filhos de um casal de lavradores analfabetos que vivenciaram a fome e a miséria na zona mais pobre de Pernambuco, sindicalista consegue se tornar o homem mais rico, praticamente de todo o mundo, presidente do Brasil e dono do BNDS?

Sabemos que um gênio que conseguir controlar o Banco Nacional do Desenvolvimento, controla do país inteiro. Então, como tirar o PT do poder sendo que o Lula sempre vai estar a quilômetros de distância na frente de qualquer outro partido, poder público e até mesmo do STF. Isto possivelmente, a menos que ele e toda a sua família sejam pressos e tenham todos os seus bens bloqueados, jamais vai acontecer. 

Ritalina: nome comercial mais conhecido do metilfenidato, que é da família das anfetaminas. Age no sistema nervoso central, potencializando a ação dos neurotransmissores da noradrenalina e da dopamina, ampliando a concentração.

Adderall: é um psicoestimulante constituído de mistura de sais de anfetamina. Foi usado primeiramente para tratar narcolepsia e déficit de atenção com hiperatividade. Ele também foi utilizado com sucesso para controlar casos graves de depressão resistente ao tratamento. Adderall é uma substância controlada, pois tem alto potencial de abuso e vício. A nome comercial foi introduzido em 1996 na forma de tablete que vinha na fórmula original usada no remédio para emagrecimento Obetrol. Posteriormente foi introduzido o "Adderall XR", o qual tem um tempo de liberação no organismo estendido.

Modafinil: é um remédio usado no tratamento de excesso de sonolência, pois age estimulando o Sistema Nervoso Central, excitando áreas do cérebro responsáveis pela vigília e inibindo o sono. O Modafinil pode ser comprado em farmácias convencionais com o nome comercial de Provigil ou Modiodal sob a forma de comprimidos. O modo de uso consiste na ingestão de 200 mg, uma vez por dia. Deve ser administrado pela manhã para tratar narcolepsia ou apneia obstrutiva do sono, ou uma hora antes de trabalhar em pessoas com turnos de trabalho. O remédio atua cerca de 3 a 4 horas após a ingestão e seu efeito tem um duração de 8 a 9 horas. E muito o tomam para ficarem mais atentos de um modo geral.

Stavigile: este medicamento contém 100 mg de modafinila, ou seja: é a versão do Madafinil comercializada no aqui no Brasil. Só que acima da quantidade recomendada, pois a utilização de modafinila possui riscos e deve ser monitorada frequentemente e jamais ministrada a pessoas abaixo de 23 anos de idade. Pois a utilização da modafinila está ligada diretamente a Síndrome de Stevens-Johnson (SSJ) e reações alérgicas GRAVES. Mas existe um problema na utilização do Stavigile, que são os excipientes que foram adicionados ao comprimido: ele possui crospovidona, povidona, lactose monoidratada, dióxido de silício, talco e estearilfumarato de sódio. Fragmentar o comprido e ingerir apenas 1/5 dele é recomendado por questões de segurança.